Crianças: cuidado com lesões é essencial nas férias 28/12/2017




No período de férias, as crianças desenvolvem mais atividades ao ar livre, seja em campings, praias, clubes ou mesmo no pátio de casa com a prática de determinada brincadeira ou esporte. Dessa forma, como em qualquer outra atividade, estão expostas a possíveis incidentes que podem machucar. “Lesões e fraturas nos pequenos aumentam consideravelmente no período de folga das aulas”, alerta o médico ortopedista e traumatologista Joaquim Reichmann.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, mais de cinco mil crianças morrem em razão de lesões não intencionais ou acidentes em casa. Além disso, aproximadamente 140 mil são hospitalizadas todo ano. “Portanto, ao desempenhar atividades que envolvem movimento e esforço físico, é importante o uso de tênis, roupas leves e confortáveis, além de equipamentos de proteção como luvas, capacetes, joelheiras e caneleiras”, orienta Reichmann.

O médico complementa, ainda, que ao ocorrer qualquer acidente, por mais simples que possa parecer, é essencial procurar atendimento médico em pronto socorro o mais rápido possível para avaliação ortopédica e exames de imagem. O tratamento varia de acordo com a lesão ou fratura. Em casos mais simples, de fraturas fechadas e sem desvio de osso, uma imobilização é o suficiente. Nas situações mais graves, com fraturas expostas, é necessário procedimento cirúrgico.  

Segundo Reichmann, os acidentes acontecem com mais frequência nos membros superiores. Os mais afetados são mãos e punhos. “É importante ressaltar que a maioria dos acidentes com crianças podem ser evitados com alguns cuidados simples como monitorar constantemente suas atividades, adaptar o ambiente para eliminar situações de riscos (escadas, móveis, piscinas), utilizar equipamentos de proteção conforme as atividades, entre outros”.  

Publicidade



Publicidade